Escolher pisos e revestimentos para uma obra é uma tarefa que deve ser feita com cuidado e atenção. Isso porque existem materiais que devem ser evitados em alguns locais e outros que são mais indicados para certos espaços. Portanto, conhecer os tipos de porcelanato é fundamental para fazer a escolha certa.

Pensando nisso, vamos mostrar neste artigo as principais variações disponíveis no mercado para que você saiba que fatores levar em consideração na hora da compra. Acompanhe a leitura!

Saiba quais são os principais tipos de porcelanato

O porcelanato é um tipo de revestimento que tem sido muito utilizado ultimamente. Por sua beleza, durabilidade e resistência, é uma alternativa a outros materiais como madeira, cerâmica, entre outros. No entanto, é preciso conhecer as suas variações e particularidades para não errar no momento da escolha.

Composto basicamente por rocha e argila, o porcelanato passa por um processo de queima em altíssima temperatura que faz com que o material se torne muito mais resistente do que as cerâmicas tradicionais. E, a seguir, você vai conhecer os três principais tipos disponíveis no mercado.

Porcelanato polido

Esse tipo de porcelanato recebe uma camada extra de proteção que faz com que ele fique com um brilho intenso, menos exposto a riscos e com uma textura lisa que facilita a limpeza.

Por outro lado, esse polimento também faz com que ele se torne um material muito escorregadio e resistente à água. Por esse motivo, é indicado para ambientes como salas e quartos, devendo ser evitado nas áreas úmidas da casa, como cozinhas, banheiros, lavanderias, quintais e varandas.

Porcelanato esmaltado

O porcelanato esmaltado tem como principal característica uma camada de esmalte aplicada sobre a peça, que pode ter diferentes tipos de acabamento: liso, brilhante, fosco ou áspero, que é bastante indicado para áreas úmidas, como banheiros, ou em áreas externas, próximas à piscina, pois ajuda a evitar acidentes.

Ao escolher esse tipo de porcelanato é importante considerar outra característica: o PEI, um índice que determina a resistência do material e varia entre 1 e 5. Portanto, quanto maior for esse índice, mais resistente é o revestimento.

De acordo com a variação do PEI, os porcelanatos podem ser mais ou menos adequados para cada ambiente, da seguinte forma:

  • porcelanatos esmaltados com PEI igual a 1 devem ser utilizados somente em paredes e em ambientes internos;
  • os de classificação 2 e 3 podem ser utilizados em áreas internas;
  • o material que contém a classificação 4 pode ser usado em locais com grande movimentação de pessoas;
  • já o de PEI igual a 5 é indicado para qualquer ambiente, inclusive em áreas externas.

Porcelanato acetinado

O tipo acetinado é o modelo que contém menos brilho e uma textura fosca. Por essa razão, é menos escorregadio e pode ser utilizado em todos os ambientes da casa. Além disso, esse tipo de material é muito resistente, inclusive a riscos, sendo também indicado para áreas externas e locais com movimentação intensa de pessoas.

Cuidados com o porcelanato durante o assentamento

Independentemente do modelo escolhido, e tendo em vista que o porcelanato é um material com baixo poder de absorção, ou seja, resistente à água, é importante que ele seja assentado apenas com a argamassa indicada para porcelanato.

Além disso, deve ser observado o local de instalação — ambientes internos ou externos — e o grau de umidade.

A escolha do rejunte também demanda uma atenção especial. Afinal, esses cuidados são essenciais para que o assentamento seja feito de forma correta e duradoura.

Como é possível perceber, existem diferentes tipos de porcelanato no mercado, cada um com características e qualidades diferenciadas. Portanto, ao fazer a escolha, avalie as especificações e indicações de cada um e fique atento ao momento de fazer o assentamento para garantir o melhor resultado.

Agora que você já conhece os tipos de porcelanatos e a importância do produto adequado para o assentamento, confira as argamassas para porcelanato da Portokoll e escolha a melhor alternativa para o seu piso!


Os comentários estão fechados.