O planejamento é etapa fundamental para o sucesso de uma reforma da casa. Ele não apenas oferece uma visão mais clara de todo processo, evitando uma série de erros e prejuízos, como também auxilia o profissional na compra de materiais, nas especificações dos cliente, limite do orçamento, entre outros.

No post a seguir, vamos mostrar alguns erros que podem ocorrer durante a reforma. Confira!

1. Falta de planejamento

A falta de planejamento é exatamente um dos erros mais cometidos (e mais significativos) em uma reforma da casa. É ele que vai guiar todas as ações do trabalho e, caso não seja feito com cuidado e de forma detalhada, pode ser até mesmo o responsável pelo desastre — além de muitas dores de cabeça — da reforma.

Uma série de decisões essenciais são feitas durante o planejamento da obra, tais como o orçamento limite para a compra de materiais, quantidade de ajudantes especializados que serão contratados, forma como os móveis serão protegidos, se haverá necessidade da contratação de um arquiteto para elaborar um projeto mais alinhado com as necessidades e gostos do cliente, entre outros.

Nesse sentido, antes de começar o trabalho, sempre separe um tempo para elaborar um planejamento completo junto ao seu cliente.

2. Erro de materiais

Outro caso bastante comum em uma reforma é o erro com materiais. Por existir uma grande disponibilidade de revestimentos, é normal que o profissional se confunda durante a compra, ou simplesmente compre um revestimento por achá-lo bonito, mas nada funcional no local em que será destinado.

Embora possa ser atraente à primeira vista, investir em um piso de madeira na área da cozinha, por exemplo, não costuma ser uma boa ideia, já que pode prejudicar o resultado da estética da casa.

Além disso, também é importante prestar atenção na quantidade de material que será comprado para suprir toda a obra. Para evitar qualquer tipo de acidente, como a quebra material e sua consequente substituição, é sempre recomendado a compra de pelo menos 2 metros a mais de cada item.

3. Não fazer o teste de tinta

Comprar uma tinta só porque você acha que vai combinar com alguma área da reforma também não é uma boa ideia. Na maior parte das vezes, as cores podem enganar muito, principalmente por causa da sua diversa gama de tonalidades.

A escolha da tinta deve ser feita tendo como base o tipo de ambiente, a luminosidade predominante, os móveis que serão colocados, entre outros.

Para evitar o desperdício de material, e principalmente a insatisfação do cliente com o trabalho final, o ideal é sempre fazer o teste de tinta ou até mesmo levar amostras no local que será pintado..

Agora que você já sabe quais são os principais erros mais cometidos na reforma da casa, fica mais fácil evitá-los no seu próximo trabalho! Faça um planejamento claro e objetivo e minimize a chance de ter prejuízos ao longo da reforma.

Quer ser notificado sobre os nossos próximos posts? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter!


Os comentários estão fechados.