Escolher o melhor revestimento para cozinha nem sempre é uma tarefa fácil, porque a variedade de revestimentos no mercado é muito grande. Em função disso, a escolha geralmente é bem demorada.

Por ser um ambiente úmido, a cozinha precisa de revestimento para proteger o ambiente. Entretanto, alguns itens importantes precisam ser considerados na hora de escolher o material.

Listamos algumas dicas para que a sua escolha se torne mais fácil. Confira!

Acompanhe o estilo da decoração

Na hora da escolha do revestimento, é muito importante levar em consideração o estilo de decoração da casa. Se o ambiente tem um estilo moderno, usar revestimentos claros como o porcelanato pode ser uma boa opção.

Já em ambientes com estilo rústico, revestimentos como o ladrilho hidráulico podem deixar a cozinha bem bonita e aconchegante.

O importante é entender o estilo da decoração e buscar opções que combinem com ele.

Avalie a qualidade do revestimento para cozinha

A qualidade do revestimento não pode ser esquecida. Como a cozinha é um ambiente úmido e gorduroso, não dá para escolher somente pela beleza ou pelo preço. Por isso, na hora da compra avalie alguns itens importantes.

Primeiramente, veja se o revestimento tem uma boa resistência à abrasão (PEI), que é avaliação do desgaste do esmalte da peça. Para cozinhas, são recomendados revestimentos com PEI igual a 3, ou seja, resistência de média a alta. Isso garantirá um piso mais duradouro.

Outro item que precisa de atenção na hora da escolha é o nível de absorção de água. Quanto mais poroso for o revestimento, maior será a absorção de água. Por isso, revestimentos com níveis de absorção maiores do que 10% só devem ser utilizados em paredes.

Escolha a cor ideal

As opções de cores são infinitas, mas as cores mais utilizadas nas cozinhas são as claras. Com elas fica mais fácil perceber a limpeza do ambiente. Além disso, cores claras dão a impressão de que a cozinha é maior.

É possível variar, escolhendo as cores quentes, por exemplo — vermelho, laranja e amarelo —, que ajudam a abrir o apetite. O importante na escolha das cores é manter a harmonia do ambiente.

Saiba o que usar na parede e no piso

Essa realmente é uma escolha muito difícil diante de tantas opções. Entretanto, alguns tipos são mais usados em paredes e outros no piso. Lembre-se: deve haver harmonia entre eles.

Parede

Para as paredes, você pode escolher pastilhas de cerâmica, vidro ou porcelana. Escolha uma parede para as pastilhas e nas demais coloque cerâmica, porcelanato, azulejo etc.

Outra opção para quem gosta de estampas são os ladrilhos hidráulicos. Essa é uma alternativa que pode ser usada no piso também.

Piso

Já para o piso, uma ótima sugestão são os porcelanatos. Eles são revestimentos extremamente resistentes, fáceis de limpar e com baixa absorção de água — itens muito importantes para a escolha do piso, concorda?

Outra sugestão é a cerâmica, que também tem várias opções de acabamento. Só não se esqueça de avaliar a absorção de água do revestimento.

É importante lembrar que, ao escolher o tipo de revestimento, você deve escolher também a argamassa e o rejunte ideais para ele. Isso garantirá uma qualidade melhor e mais durabilidade, tanto do piso quanto do serviço de colocação.

Opte por revestimentos práticos

A praticidade é um item muito importante e que não pode ser deixado de lado na hora da escolha do revestimento para cozinha. Isso acontece porque alguns cuidados precisam ser tomados nesse ambiente.

Por ser um local úmido e gorduroso, opte por revestimentos que não sejam muito escorregadios, pois eles aumentam o risco de acidentes.

A facilidade de limpeza também deve ser um critério de escolha. Por isso, prefira revestimentos que não tenham texturas, já que a gordura pode impregnar nas ranhuras e dificultar a limpeza.

Seguindo todas essas dicas você escolherá os melhores revestimentos e receberá muitos elogios.

Gostou das nossas dicas para escolher revestimento para cozinha? Então entre em contato conosco e saiba o que podemos oferecer para a sua obra!


Os comentários estão fechados.