A escolha do produto certo para o assentamento de revestimentos é uma tarefa que deve ser feita com muita atenção. Por exemplo, ao escolher a argamassa para porcelanato você deve considerar as características do revestimento, como o seu tamanho e o local em que ele será instalado.

Esses cuidados são importantes porque interferem na qualidade e durabilidade do serviço como um todo. No entanto, existem diferentes tipos de argamassa, que podem ser usados com finalidades diferentes. Para comprar os produtos certos para a sua obra você deve saber escolher o modelo de acordo com o que pretende fazer.

Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos este artigo que traz todas as informações sobre os diferentes tipos de produtos disponíveis no mercado. Acompanhe a leitura!

O que é argamassa?

Basicamente, a argamassa é uma mistura que é formada por cimento, cal, areia (agregado miúdo) e água. Para que ela tenha propriedades mais específicas, a indústria adiciona alguns aditivos que dão características diferenciadas, como maior aderência e endurecimento.

Para fazer a massa é preciso adicionar uma certa quantidade de cada um desses componentes, essa quantidade é chamada de traço. As argamassas podem ser preparadas de maneiras diferentes.

Argamassas preparadas na obra

Uma das formas de preparo é na própria obra, em que os operários fazem a mistura em um recipiente apropriado e na quantidade ideal.

Essa é uma maneira de preparo bem simples, no entanto, deve ser feita com alguns cuidados para evitar que sujeiras possam ser adicionadas à mistura.

Argamassas industrializadas

Outra forma de preparo são as argamassas industrializadas. Nesse modelo, a indústria faz a dosagem ideal de todos os componentes da mistura na quantidade exata, o que faz com que a qualidade do produto seja muito superior ao tipo de argamassa misturado na obra.

Dessa forma, a única coisa que é preciso fazer antes do uso é adicionar a quantidade de água indicada para o preparo da massa.

Para que serve a argamassa?

A argamassa é um material que é usado em todos os tipos de obras. Isso porque ela tem funções diferentes ao ser aplicada. Além disso, em cada uma dessas formas de utilização a mistura apresenta uma constituição e consistência apropriada para aquele tipo de aplicação. Uma das formas de classificar as argamassas é quanto à sua função.

Argamassa básica de revestimento

As argamassas básicas são usadas para revestimento e contrapiso. Dessa forma, as de revestimento podem ser aplicadas em paredes externas ou internas e tem a função de fazer o assentamento de blocos e tijolos. Elas também podem ser usadas para regularizar imperfeições. Além disso, elas devem ser aplicadas em diferentes camadas.

Chapisco

Essa é a primeira camada que deve ser aplicada ao fazer o revestimento da parede. Sua função é oferecer proteção para as próximas camadas, de modo a evitar que elas se soltem. Outra finalidade dessa camada é fazer o preparo da superfície para facilitar a aderência no momento do assentamento de revestimentos.

Emboço

A camada de emboço tem a finalidade de fazer o nivelamento da camada de chapisco. Outra função é a de proteger a parede.

Reboco

Já a camada de reboco, tem a principal função de preparar a parede para que o revestimento possa ser assentado, além de servir para cobrir a camada de emboço.

Argamassa básica para contrapiso

As argamassas utilizadas no contrapiso são aplicadas para servir como base para o assentamento de pisos e revestimentos. Sua principal função é regular e absorver qualquer imperfeição que possa existir na base.

Argamassas colantes de assentamento

As argamassas colantes têm a principal função de fazer o assentamento de revestimentos em pisos e paredes. Elas são utilizadas com os mais variados tipos de materiais, como cerâmica, pastilhas de vidro ou porcelana, mosaicos, porcelanatos, entre outros.

No entanto, é preciso muito cuidado e atenção para a escolha do produto adequado para cada tipo desses revestimentos. Isso porque eles têm propriedades e características, como a porosidade, o tamanho e o local de aplicação, que devem ser avaliadas.

Com base nessa avaliação, é feita a escolha da argamassa de modo que ela tenha as devidas propriedades que facilitem o seu assentamento.

Tipos de argamassa

As argamassas colantes são utilizadas para o assentamento de pisos e revestimentos. No entanto, existem produtos com diferentes tipos de classificação. Saber qual é o tipo certo faz toda a diferença na qualidade e durabilidade do serviço.

Argamassa do tipo ACI ou AC1

Esse tipo de produto é indicado para a aplicação de revestimentos porosos, como a cerâmica, em ambientes internos. Ela deve ser utilizada apenas para cerâmicas com tamanho máximo de até 45 cm x 45 cm. O produto pode ser aplicado tanto em paredes quanto em pisos.

É a porosidade do revestimento que possibilita que a peça seja fixada no piso ou parede. Isso porque durante o processo de secagem, a peça absorve a pasta, o que faz com que ocorra o endurecimento progressivo e, com isso, a fixação do revestimento.

A argamassa do tipo ACI pode ser aplicada em ambientes úmidos da casa, como cozinha e banheiro. No entanto, não é indicada para locais, como saunas ou piscinas.

Argamassa do tipo ACII ou AC2

O tipo de argamassa ACII tem aditivos em sua composição, o que contribui para deixar o produto com uma característica adesiva. Ela pode ser aplicada tanto em ambiente internos quanto externos e, também, em ambientes úmidos como cozinhas e banheiros.

Por ter uma qualidade adesiva, pode ser aplicada em revestimentos com menor porosidade. Além disso, suas características são ideais para absorver impactos, como as dilatações e contrações por conta das variações de temperatura, ações do vento e movimento de pessoas.

O produto também pode ser usado para fazer o revestimento de fachadas com vão de até 5 metros, em piscinas de água fria e para a sobreposição de piso.

A recomendação é de que o produto seja utilizado em revestimentos cerâmicos com medidas de até 45 cm x 45 cm para a aplicação em pisos e paredes, e com o tamanho máximo de 20 cm x 20 cm para o revestimento de fachadas.

Argamassa do tipo ACIII ou AC3

O tipo de argamassa ACIII é indicada para o assentamento de revestimentos e pisos em ambientes internos e externos. Sua principal característica é alta resistência, pois tem grande aderência e flexibilidade. Por isso, é recomendada para locais em que haja o tráfego intenso de pessoas, como em shoppings, comércios, etc.

O produto também é indicado para o revestimento de grandes fachadas e para ambientes que tenham a temperatura elevada. Além disso, são ideais para locais úmidos como saunas e piscinas, inclusive, piscina aquecida.

Outra característica importante desse produto é sua indicação para o assentamento de peças de grandes formatos, como porcelanatos. Também pode ser usado com revestimentos como pedras naturais.

O tamanho máximo recomendado para a aplicação em revestimentos cerâmicos é de até 80 cm x 80 cm, em áreas internas e externas. Em fachadas, a recomendação é de até 20 cm x 20 cm. Já para porcelanatos em ambientes internos, o tamanho máximo é de até 60 cm x 60 cm.

Argamassa do tipo E: ACI E, ACII E e ACIII E

Todos os tipos de argamassa: ACI, ACII e ACIII, também são produzidas com a denominação “E”. Por exemplo: ACI E, ACII E e ACIII E. Isso significa que foi adicionado ao produto uma característica a mais, que é o tempo em aberto.

Basicamente, essa característica atrasa o processo de endurecimento do produto. Desse modo, o tempo em que um revestimento pode ser assentado sobre a base, já com a mistura aplicada, é maior.

Esse tipo de produto é indicado para locais em que há muito vento ou sol forte, que aceleram o processo de cura. Isso porque a mistura já começa o processo de endurecimento assim que ela é aplicada sobre a base.

Argamassa do tipo ACIII D E

A argamassa do tipo ACIII D E também é um produto com altíssimo desempenho e aderência, o que oferece maior segurança e eficiência em sua aplicação. Ela é indicada para áreas com alta movimentação de pessoas e pode ser aplicada em fachadas, em ambientes internos e externos.

Por ter a classificação D, significa que o produto tem alta resistência com tempo em aberto estendido, ou seja, o processo de cura demora um pouco mais para se iniciar, o que facilita o trabalho de assentamento em locais externos ou em grandes espaços.

Há ainda a classificação E, que oferece ao produto a característica de ser resistente ao deslizamento. Isso significa que ao ser aplicada em uma superfície vertical ou inclinada, o revestimento não desliza. Essa característica proporciona mais segurança no assentamento de revestimentos em fachadas e na aplicação de porcelanatos de grandes formatos.

Qual é a argamassa ideal para porcelanatos?

A argamassa indicada para porcelanato pode ser tanto a ACII quanto a ACIII (D e E). No entanto, existem alguns cuidados especiais em cada uma das opções. Vale lembrar que o tipo ACI nunca deve ser utilizado para o assentamento de porcelanato.

Argamassa para porcelanato do tipo ACII

No caso da ACII, é muito importante se certificar que o tipo escolhido seja o indicado para a aplicação em porcelanato. Isso porque se você usar o produto errado, a colocação do piso não ficará da maneira correta e a peça poderá se soltar.

A argamassa ACII para porcelanatos é indicada para o uso em ambientes internos e pode ser aplicada em pisos e paredes. O tamanho máximo do porcelanato deve ser de 1 m x 1 m. Para peças maiores que 30 cm x 30 cm, é indicado o processo de dupla colagem na hora de fazer o assentamento.

No processo de dupla colagem, a mistura deve ser aplicada tanto na base quanto na peça. Além disso, deve-se utilizar a desempenadeira dentada e fazer o assentamento de modo que os cordões da base e da peça fiquem perpendiculares, ou seja, que eles se cruzem no momento do assentamento.

Argamassa para porcelanato do tipo ACIII

A argamassa do tipo ACIII contém aditivos químicos em sua composição, que proporcionam um alto grau de aderência. Por sua alta resistência e flexibilidade, esse tipo de produto é recomendado para a instalação de pisos e revestimentos como o porcelanato, especialmente os de grande formato.

O produto pode ser usado tanto nas áreas externas quanto nas internas, em pisos e paredes, inclusive em fachadas.

O uso do tipo de argamassa ACIII D e ACIII D E, deve ser considerado no caso de assentamento de grandes formatos de porcelanato, principalmente se forem assentados em locais que necessitem que o processo de cura demore um pouco mais para começar ou para o assentamento em fachadas.

Importância da argamassa adequada para a instalação de porcelanatos

A escolha do produto certo para porcelanatos é importante porque esse tipo de revestimento tem o grau de absorção muito baixo. Dessa forma, o uso da argamassa incorreta pode fazer com que a mistura se cole somente na base e o porcelanato fique solto.

Cada tipo de argamassa tem uma composição química específica e utilizam tipos de adesivos diferentes. Por essa razão elas têm processos de colagem ou fixação, feitos de maneira diferentes. A fixação da mistura ocorre de duas formas diferentes, que é pela colagem mecânica ou pela colagem química.

Colagem mecânica

A colagem mecânica é uma característica da argamassa do tipo ACI. Nesse modelo, a mistura penetra nos poros do revestimento, o que durante o processo de secagem promove a trava do revestimento no piso.

Os revestimentos de cerâmica são porosos, ou seja, têm um alto poder de absorção de água. Por isso, somente esse tipo de material deve utilizar esse método de colagem. Portanto, esse tipo de argamassa não deve ser utilizado para o assentamento de porcelanato.

Colagem química

A colagem química é uma característica das argamassas do tipo ACII e ACIII. Esses produtos têm em sua composição polímeros, que são componentes químicos capazes de fazer a colagem em revestimentos que tenham baixo poder de absorção, que é o caso do porcelanato, em que sua absorção é quase nula.

Portanto, ao utilizar esses tipos de argamassas não há a necessidade de que o produto penetre nos poros do revestimento para que ocorra a fixação do revestimento.

Problemas causados pelo uso da argamassa incorreta em porcelanatos

Ao utilizar produtos que não sejam apropriados para porcelanato podem ocorrer alguns problemas. Por isso, separamos as principais causas e consequências do uso da argamassa errada em porcelanato.

Utilização da argamassa do tipo ACI

Como o porcelanato não é um revestimento poroso, conforme explicamos sobre o processo de colagem química no tópico anterior, é preciso que a argamassa tenha um componente químico para efetuar a colagem da peça, sem a necessidade de penetrar nos poros.

Por essa razão, se o produto utilizado for o do tipo ACI, o porcelanato não ficará corretamente assentado, já que esse produto utiliza os poros do revestimento como meio de fixação da peça.

Muitas vezes, as pessoas pensam em utilizar a argamassa ACI por conta do preço mais baixo. No entanto, vale mais a pena fazer o orçamento de obras contando com o material adequado, do que investir em produtos não indicados e que poderão fazer com que o custo final seja maior, devido à necessidade de retrabalhos.

Falta de cuidados com a base

A falta de cuidados com o contrapiso pode interferir diretamente no resultado do assentamento do revestimento. Existem algumas recomendações quanto ao tempo de cura do contrapiso que devem ser obedecidas, conforme a indicação do fabricante.

Deixar de tomar esses cuidados, como fazer o assentamento sobre o contrapiso sem o tempo de cura correto, pode prejudicar a qualidade de colagem da argamassa e o revestimento se soltar da base.

Além disso, o contrapiso deve estar limpo e nivelado para que o assentamento seja feito corretamente. O piso desnivelado também é um fator que faz com que as peças se soltem com mais facilidade.

Utilização de argamassa que não seja recomendada para porcelanato

Apesar de as argamassas do tipo ACII terem a capacidade de colagem química, se em sua especificação na embalagem do fabricante não houver a indicação de uso para porcelanato, ela não deve ser utilizada para esse fim.

A principal razão para a utilização de argamassa recomendada para porcelanato é justamente os polímeros que são adicionados à mistura, que oferecem um maior poder de colagem e resistência, conforme a necessidade do revestimento.

Não fazer o processo de dupla colagem

Ao fazer o assentamento de porcelanatos maiores que 30 cm x 30 cm, é preciso fazer o processo de dupla colagem, conforme mencionado anteriormente. Assim, o azulejista deve passar a mistura tanto na base quanto no revestimento e utilizar a desempenadeira dentada com o formato do dente na medida de 8 x 8 x 8 (mm).

A forma de assentamento da peça também deve ser feita com atenção. Nesse caso, os cordões formados pela desempenadeira devem ser feitos, de forma que ao fazer o assentamento, eles fiquem perpendiculares uns aos outros.

É muito importante seguir essa recomendação. Não fazer o processo de dupla colagem pode fazer com que as peças se soltem, por conta de seu peso e tamanho.

Como escolher a argamassa ideal para porcelanatos em grandes formatos?

Os grandes formatos de porcelanato têm se tornado uma grande tendência. Por sua beleza e sofisticação são utilizados como revestimentos para a cozinha, sala ou qualquer ou ambiente da casa.

No entanto, esse tipo de revestimento requer alguns cuidados durante a sua instalação. O primeiro grande cuidado que se deve ter é quanto à escolha da argamassa. Por ser um revestimento muito grande, já que existem peças de até 100 cm x 300 cm, o produto indicado para ele deve ser do tipo ACIII, ACIII E ou ACIII D E.

Cuidados na aplicação da argamassa

A aplicação da argamassa em porcelanato de grande formato deve ser feita por meio do processo de colagem em dupla camada. Em toda a peça de grande formato, existe na parte de trás do revestimento a indicação de qual sentido deve ser aplicada a mistura, que será sempre no sentido paralelo ao lado mais curto da peça.

Já na parede, ou no piso onde será feito o assentamento da peça, a argamassa deve ser aplicada no sentido contrário em que foi colocado na peça e com desempenadeira de 8 mm. Esse procedimento é necessário para o cruzamento dos cordões na hora de assentar a peça e garantir a colagem total.

Para garantir um alinhamento perfeito no assentamento é recomendado o uso de niveladores de piso e espaçadores de rejuntamento.

Depois de aguardar o tempo de cura, que deve ser de 72 horas, deve-se aplicar o rejunte adequado, de acordo com o ambiente que o piso foi instalado e cor do revestimento.

Diferenciais da linha PortoKoll Premium

A PortoKoll Premium é uma marca de argamassas colantes e rejuntamentos que pertence à ParexGroup, uma das empresas líderes mundias em produtos para a Construção Civil.

No Brasil, a linha PortoKoll Premium tem em seu catálogo uma linha completa de argamassas para o assentamento dos mais variados tipos de revestimentos, além de uma grande variedade de rejuntamento e complementos de categoria especial.

Para o assentamento de porcelanato, a linha conta com uma grande variedade de produtos que possibilitam a aplicação em peças de diferentes formatos. Entre as opções disponíveis, há produtos de todos os tipos indicados, ou seja, do tipo ACII, ACIII, ACIII E e ACIII D E.

Além dos produtos indicados para porcelanato, a linha Portokoll Premium também tem produtos indicados a outros tipos de revestimentos, entre eles:

  • cerâmica;
  • pedras naturais;
  • pastilhas e mosaicos;
  • piscinas;
  • blocos de vidro;
  • piso sobre piso.

A linha Portokoll Premium também conta com uma grande variedade de tipos de rejunte, indicados para diversos ambientes e materiais, como cozinhas e banheiros, piscinas, cerâmicas e pedras, além do rejunte especial para pastilhas metálicas.

Enfim, existem diversos tipos de argamassa e com finalidades diferentes. A escolha do produto errado pode causar problemas, como o de a peça se soltar. Por isso, é fundamental conhecer todas as opções que existem no mercado, como a argamassa do tipo ACII, do tipo ACIII etc.

Dessa forma, a escolha da argamassa para porcelanato deve ser feita sempre observando todas as recomendações que foram apresentadas até aqui. Assim, ao fazer o assentamento do porcelanato, você poderá ter a certeza de que utilizou o produto adequado para a sua obra.

Agora que você já sabe como escolher a argamassa adequada, confira a linha de produtos PortoKoll Premium e conheça as opções que temos disponíveis para a sua obra!


Os comentários estão fechados.